tweengo

"meu grito silencioso"

Cota de negros para SPFW é racismo

leave a comment »

O Ministério Público do Estado de São Paulo quer impor aos organizadores da SPFW (São Paulo Fashion Week) uma cota de no mínimo 10% de negros, indígenas entre as modelos e “modelas”.

Eu acho isso um revés da proposta. Quando se fala de preconceito, fala-se em segregação, separação, discriminação. Então, ao se criar um critério de escolha baseada na raça ou na cor da pele já estamos incentivando o preconceito, a separação, a diferenciação.

Fico imaginando o quanto esse tipo de “lei” gera de sentimentos negativos nos não negros do tipo: “Ah não, terei que escolher alguém de cor negra por obrigação, não porque tenho vontade”. Isso já amplificou o sentimento racistas que até nem existiria em uma situação normal.

Já temos essa lei nas universidades com a cota de negros. Funciona? Duvido. É a mesma situação da de cima.

Fico imaginando se essa lei ganha corpo para outros estabelecimentos como cota mínima de negros para empresas, igrejas, shows, bares, restaurantes, shoppings, academias, lugares em metro, assentos num cinema, etc. Se é assim porque não uma cota mínima de negros para a Câmara dos Deputados, Senadores, prefeitos, assessores, Câmara dos Vereadores, etc.

Bom, já que o Ministério Público quer criar uma cota mínima de negros e indígenas entre as modelos, porque não liberar 10% dos visitantes ao SPFW para negros e indígenas também?

É ridículo. É a reinvenção do Apartheid politicamente correto.

Anúncios

Written by Alex Ok

20/05/2009 às 21:23

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: